quarta-feira, 13 de maio de 2009

Divulgação/Fotomontagem Folha Online
Os Velhos Olhos Azuis
Emanoel Barreto

O cineasta americano Martin Scorsese dirigirá o filme "Sinatra", que contará a vida e a carreira do artista americano, informou a versão on-line da revista "Variety" nesta quarta-feira.

Os estúdios Universal Pictures e Mandalay Pictures produzirão o filme, que terá roteiro de Phil Alden Robinson e levou anos entre a elaboração do projeto e a liberação dos direitos autorais do cantor, administrados pela Frank Sinatra Enterprises.

Frank Sinatra (acima, em diversas fotos) ganhará biografia no cinema pelas mãos de Martin Scorsese Sinatra (1915-1998) foi um dos maiores ícones da indústria do entretenimento do século 20, fazendo enorme sucesso como cantor (foi vencedor de 11 prêmios Grammy) e ator (vencedor do Oscar em 1954 por sua atuação em "A um Passo da Eternidade".

.......................

O texto acima é da France Presse, publicado na Folha, e uma coisa chamou-me a atenção: o fato de apontar Sinatra como integrante da "indústria do entretenimento". Discordo. Um cantor da estatura d'Os Velhos Olhos Azuis está acima disso. Suas canções, pelo peso cultural que representam, tocam mais fundo que algo como as músicas, por exemplo, de Madonna, uma velha, mas velha mesmo, aproveitadora do marketing.

Entendo que a música, a grande música, aquela de bom gosto, refinada, que nos traz sensações e evocam sentimentos mais intensos de percepção da vida, não devem ser vistas apenas como "entretenimento". Chico Buarque é entretenimento? Creio que não. Mas, vamos esperar o filme e ver o que ele nos conta.

Nenhum comentário: