domingo, 4 de junho de 2006

Invasão de privacidade

"A violência destrói o que ela pretende defender:
a dignidade da vida, a liberdade do ser humano."
João Paulo II

O Governo de São Paulo está gestando uma ação administrativa que faria entrar em pânico até mesmo um personagem do livro "1984", de George Orwell. A Folha de S. Paulo informou que a idéia é vender dados sigilosos dos cidadãos que estejam em poder do Estado a empresas privadas, para que assim se possa controlar melhor a vida das pessoas.

Até mesmo uma equipe já viajou aos Estados Unidos, onde a deplorável atitude já está em prática em algumas cidades, a fim de ganhar conhecimentos a respeito do assunto. Falando objetivamente: de posse de informações a respeito do cidadão, uma empresa de seguros poderá obrigar uma pessoa a pagar mais caro para segurar seu carro, caso venha a saber que, há muitos anos, esta se envolveu em um acidente automobilístico.

Mais: alguém que tome determinado tipo de medicamento, os tais medicamentos controlados, poderá não ser admitido em uma empresa, caso tal informação chegue a seu conhecimento.

Diariamente, ao acessarmos a internet, de alguma maneira deixamos rastros, que passam a compor o capital simbólico de empresas ou indivíduos nos mais diversos pontos do planeta. Aos poucos, o cidadão, o indivíduo, passa a ser visto como alguém sob vigia, observância permanente. E tudo para atender aos interesses de corporações transnacionais, cujo anseio de lucro e domínio têm como limite o infinito.

2 comentários:

Anônimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

Anônimo disse...

I find some information here.