quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Cuidado! Vem aí 2018



Políticos fuleiros já tentam enganar o povo do Rio Grande do Norte

Maquiavel ensinava que o mal se faz de uma só vez; o bem deve ser praticado a conta-gotas. O problema é que no Rio Grande do Norte o mal não é feito de uma vez: é feito diariamente.
Temos carradas e carradas de coisas ruins praticadas todos os dias; dois exemplos claros: a insegurança nas ruas e o terror no atendimento hospitalar.

A polícia, civil ou militar, não tem condições de atuar de forma devida; o hospital Walfredo Gurgel, exemplo maior de atendimento de urgência, é uma casa de horrores merecendo sem dúvida denúncia junto a alguma entidade internacional de defesa de direitos humanos.



Os médicos não contam com equipamento e lutam não só contra os problemas de cada paciente como enfrentam falta de equipamentos, remédios, leitos, gaze.. 


Gastamos cerca de doze milhões mensalmente paga pagar a Arena das Dunas e deixamos feridos e doentes à míngua.

Vem aí a campanha eleitoral: quero saber o que os políticos dirão ao povo. Tenho visto uns programinhas na TV, com apelos eleitoreiros. Chamadinhas curtas, é verdade. 


Ali, uns tipos que se apresentam como “progressistas” têm a audácia de tentar enganar algum tolo, garantindo que estão fazendo muito pelo Rio Grande do Norte.

Vi que as tais chamadinhas são propaganda fuleira, feita por algum marqueteiro de segunda, mas não deixam de ser propaganda, na verdade audácia, mais que isso agressão à inteligência e ao sofrimento das pessoas.

Quero ver como será a campanha do próximo ano, já disse aqui antes. Então, candidatos a presidente, governador irão se apresentar salvacionistas e convocatórios, garantindo que são a solução. Evoé, povo! Evoé, bacanal política!

Virá também a enxurrada dos que disputam o senado, a câmara federal e assembleias legislativas. Ambientes de dinheiro e poder. Mandar é um luxo, sabia? E os caras gostam. Já se disse até mesmo que o Poder é afrodisíaco.

Pelo que tenho visto o desencanto é geral. Cuidado com quem você vai votar. Porque depois, quando a chibata bater a culpa vai ser sua.




Nenhum comentário: