quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Marina, morena Marina...
Emanoel Barreto

A história não se escreve a passos medidos e contados. Quando tudo parece seguir o velho caminho, surge uma encruzilhada e a caravana muda de rumo. Ao que parece, será assim com a provável presença da senadora Marina Silva, deixando o PT pelo PV.

Nome internacionalmente respeitado, portadora de currículo impecável, ética, séria, comprometida com uma causa e uma utopia, Marina pode ser o grande nome a ingressar numa disputa histórica.

Tendo a seu lado como vice Gilberto Gil, a chapa ganha força e expressividade midiática. Precisamos de uma mudança, uma reviravolta que nos encaminhe a instâncias políticas onde não predominem oportunismos e conchavos, como aconteceu com o PT, que alinhou-se ao que há de pior na vida pública brasileira.

É certo que não terá maioria no Congresso, mas também é certo que as diretivas presidenciais serão bem diversas das que temos hoje em tela.

ZOORÓSCOPO

PREÁ - Os assim regidos são bem parecidos com os de Esquilo, só que com uma diferença fundamental: enquanto o esquiliano gosta de se expor, o preariano vive entocado, prefere não se apresentar. É signo comum a usurários, agiotas e outros quejandos. Ficam na maior moita, só esperando a desgraça dos outros. Depois, especialmente os de Pavão, grandes gastadores, caem em suas garras e dificilmente se safam.


2 comentários:

Jorge disse...

Essa é realmente uma chapa que deve ser observada com atenção dentro do cenário político que se anuncia.

Leide Franco disse...

Deve sim, Jorge!
E cabe a cada um de nós começar a querer mudar, mas fora das teorias, e sim na prática, cada um fazendo seu papel social: o de informar aos mais desavisados.
É uma tarefa dificílima nesses tempos em que o povo é iludido com meras contribuições sociais dada pelo governo, mas não impossível.