terça-feira, 1 de maio de 2012

Pois é: afinal, estamos na Globo. Vergonha.
Ou melhor: sem-vergonha.

Nenhum comentário: