quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Imagem: http://4.bp.blogspot.com/_8MvVTTNEdBY/RgQ3ypxrqFI/AAAAAAAAAMo/fZu2MJoYDCc/s400/raios.jpg
De loucos, raios, dores e lucidez
Emanoel Barreto

As dores podem acontecer com frequência. É que as dores, ao contrário dos raios, costumam cair duas vezes no mesmo lugar.

Os medos apropriam-se da mente de quem é temeroso. É que o medo, ao contrário da coragem, não é aprendido.

As raivas transtornam a lucidez. É que a raiva, diversamente da serenidade, é mais fácil de sentir.

Mas, a loucura, a loucura pode ser boa. É que os loucos muitas vezes podem ser sublimes. É isso.

Nenhum comentário: